SISTEMAS SEGUROS


Dispositivo de Arbertura e Fechamento das portas de plataforma – linha 1


pictos-worldtrain-150x150

Para e projeto “automatização da linha 1 do metrô parisiense”, o sistema seguro SIL3 DOF1, independente do sistema automático dos trens, comanda a abertura e o fechamento das portas de plataforma que serão instaladas em todas as estações da linha.

Dispositivo de Arbertura e Fechamento das portas de plataforma – linha 1


Para e projeto “automatização da linha 1 do metrô parisiense”, o sistema seguro SIL3 DOF1, independente do sistema automático dos trens, comanda a abertura e o fechamento das portas de plataforma que serão instaladas em todas as estações da linha. Este sistema entrará em funcionamento com os trens existentes, e será compatível com os novos trens automáticos que substituirão aos poucos os trens atuais. DOF1 também impede a abertura das portas do trem que se encontram no lado oposto da plataforma.

DOF1 será desmontado quando todos os trens automáticos estiverem operando na linha 1.

 

> Cliente : RATP
> Equipamentos : Linha 1 do metrô parisiense, 26 estações equipadas, 52 trens equipados
> Normas : 61508, EN50126, EN50128, EN50129.
> Nível de segurança : SIL3 para a não abertura involuntária das portas

DESCARGAS


picto-pdf

> Ficha Técnica

DESCARGAR

PRÉSENTATION DU SYSTÈME DOF1


O sistema DOF1 inclui uma parte embarcada no trem que recebe os comandos de abertura e fechamento das portas pelo condutor, e que transmite está ordem a uma parte localizada em um ponto técnico da plataforma. O comando de abertura é recebido neste ponto e transmitido às portas de plataforma.

A ligação trem / estação é feita por uma antena instalada na via que se comunica por um laço magnético com outra antena instalada no “truque” do trem.

Este sistema é seguro com classificação SIL3 para garantir que as portas de plataforma sejam abertas somente se o trem estiver presente na plataforma. A solução é baseada em hardware para automação segura Siemens com classificação SIL3.

A CLEARSY é responsável desde o projeto e os estudos até o fornecimento em série do material que será instalado em toda a linha.

A CLEARSY recorreu a um método original para participar da licitação: um modelamento formal de especificação em B foi utilizado e documentado com a ferramenta Composys, em seguida foi desenhado graficamente com uma ferramenta Brama. Assim, a empresa pode atender à especificação da RATP, traduzindo sua compreensão do sistema em um modelo(formal), e validar esta compreensão desenhando o sistema para diferentes situações que são visualizadas na tela. Desta forma, perguntas puderam ser feitas e uma resposta detalhada pode ser fornecida, já que era preciso conceber um sistema em apenas seis meses.

Como para o sistema Coppilot, A CLEARSY utiliza um processo de desenvolvimento, que inclui a utilização do método formal B, desde a análise da especificação até a fase de codificação. Os modelos desenvolvidos em B fazem parte da demonstração de segurança do sistema e também do nível de disponibilidade do sistema que deve ser grande para que o tráfico possa fluir.

O sistema de simulação está disponível no site : www.brama.fr

picto-gal1

FOTOS