SISTEMAS SEGUROS


SISTEMA COPP


picto-circuit-150x150

O sistema COPPILOT comandou durante 8 meses a abertura e o fechamento das portas de plataforma em meia altura em cada um dos 3 cais seguintes da linha 13 do metrô Parisiense:

> Os 2 cais da estação de St-Lazare (cais 1 e 2)
> Estação de Invalides em direção a St-Denis. (cais 1)

picto-perso1

CLIENTE


> Data de colocação em funcionamento : maio 2008
> Número de Trens equipados : 73
> Número de Cais : 3
> Estação : Paris Chaâtillon linha 13

DESCARGAR


picto-9

> Ficha técnica

DESCARGAR

As funções principais do sistema foram :


  • Detetar com segurança a presença de um trem no cais
  • Comandar a abertura e o fechamento das portas de plataforma ao mesmo tempo que as portas do trem
  • Detetar com segurança os movimentos e a partida do trem.

COPPILOT não teve nenhum contato mecânico com o trem e não levou a bordo nenhum equipamento particular sobre o material circulante.

O sistema COPP é uma evolução do sistema COPPILOT. Ele está instalado desde Maio de 2008 na estação « Porte de Châtillon ». Essa estação está equipada com fachadas de cais a fim de criar segurança nas vias e permitir a implementação de um sistema de retorno automático.

O sistema COPP


O sistema COPP permite o gerenciamento da abertura e fechamento das Portas de Plataforma. Esse gerenciamento é efetuado independentemente dos automatismos de condução do trem. O COPP, através de sensores, observa uma parte da zona das vias, e analisa o comportamento dos trens passando na estação. Quando as condições forem atendidas, ele controla em seguida a abertura e o fechamento das Portas de Plataforma.

Mais precisamente, o sistema COPP :
detecta a ausência de trem na via sob observação
> detecta um trem em movimento na via sob observação
> detecta que o trem, na zona de paragem no cais, segue a uma velocidade inferior a 0,5 km/h (É então considerado que sua velocidade é nula)
> detecta que um trem está presente no cais e que está situado na zona de paragem nominal, ou seja, o Ponto de Paragem +/-1,10 metros

Função de análise do comportamento dos trens


O sistema COPP trata e analisa os dados de observações obtidos através de seus sensores. Ele realiza nomeadamente as funções seguintes na via sob observação :
> Detectar a ausência de trem na via sob observação
> Detectar um trem em movimento
> Detectar que o trem está parado na zona de paragem do cais, e a uma velocidade inferior a 0,5 km/h. É então considerado que sua velocidade é nula.
> Detectar o correto posicionamento do trem no cais

O sistema COPP detecta que um trem está presente no cais e que está situado na zona de paragem nominal, ou seja PAE +/-1,10 metros. Para o sistema COPP, é tolerada uma incerteza de medição de +/- 3 cm. O gerenciamento dessa incerteza é descrito no diagrama. Se o trem está localizado na zona de incerteza, o sistema COPP pode considerar, ou que o trem está corretamente posicionado, ou que o trem não está corretamente posicionado.

picto-info

> Detectar o correto posicionamento do trem no cais
> Adquirir e transmitir as informações fornecidas pelo trem sobre a abertura e o fechamento das portas, transmitir essas informações para o solo e tratar essas informações.
> Não adquirir informações do trem estacionado na via adjacente.

Comandar automaticamente a abertura das portas de plataforma

Comandar automaticamente o fechamento das portas de plataforma

Comandar automaticamente o fechamento das portas de plataforma sem deteção de fechamento das portas do trem

Comandar automaticamente a reabertura das portas de plataforma

Nível de segurança do sistema cop


O sistema COPP está sendo desenvolvido pela RATP (Régie Autonome des Transports Parisiens). O desenvolvimento do sistema COPP atende as normas EN50129, IEC61508, EN50126, EN50128 e integra a utilização do método formal B.

O processo de desenvolvimento abrange uma equipe CLEARSY de segurança separada da equipe de desenvolvimento. O sistema foi verificado pela RATP e por um organismo independente (EOQA). O sistema foi então qualificado de nível SIL3, mas não possui certificação. Os níveis alcançados são os seguintes:

  • O comando de abertura é de nível SIL3
  • O comando do piscar do painel de nível SIL0
  • A autorização de abertura das portas de plataforma é de nível SIL3

A comunicação entre o trem e o solo não é SIL3. A garantia de segurança incide sobre a presença e o posicionamento correto do trem parado no cais.

O nível de segurança de cada componente é determinado de tal modo que o conjunto do sistema seja de nível SIL3 tomando em consideração os elementos seguintes :

  • O automatismo é de SIL3
  • O programa do automatismo é no mínimo de nível SIL3
  • Nunca é tomada em conta uma informação de um único sensor para comandar as saídas de segurança.

A garantia de segurança depende das localizações das antenas e tapetes na via e da altura margem/solo.